Precisamos falar sobre o valor da arte

 

 

 

Deveríamos apoiar nossos amigos artistas da mesma forma que apoiamos aqueles que nem conhecemos. 


Parece natural pensar que na sociedade em que vivemos, com a cultura cada vez menos valorizada, o suporte necessário para se viver como artista vem, majoritariamente, daqueles próximos a nós e principalmente daqueles que também trabalham no meio. No entanto a realidade passa longe disso.


Vemos cada vez mais uma grande valorização daqueles que ja alcançaram seu espaço no meio artístico e aqueles que estão começando de forma independente sendo deixados de lado. 


É comum ouvir que 20 reais em um ingresso de uma peça teatral é caro, e ainda mais comum que isso é ver as mesmas pessoas gastando 50 reais em uma conta de bar. Sendo esses os mesmos que “lutam ferozmente” pela valorização da arte e da cultura de um modo geral. 

 

Na frente comercial, criticas a produtos e preços de marcas independentes muitas vezes vêm da boca dos mesmos que estão dispostos a pagar fortunas por produtos produzidos em larga escala por fábricas insalubres do oriente.


Deveríamos divulgar nossos amigos da mesma maneira que divulgamos o trabalho daqueles que nem conhecemos.

 
Por favor, não me entendam errado. Não estou dizendo que só porque não conhecemos alguém não deveríamos valorizar seu trabalho. Pelo contrário! Deveríamos ampliar nossos esforços para que o mesmo ocorresse com artistas independentes que estão apenas começando. 


Gestos pequenos fazem toda a diferença para aqueles que acabam de colocar seus pés na água. Gestos como esse trazem força aos que se sentem desencorajados pelo nosso cenário cultural atual. Gestos pequenos podem ser os que trazem oportunidades gigantescas no futuro.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

Please reload

Talvez você curta...